01-home

 

"Ser levados , embalados, acariciados, pegos, massageados, constitui para os bebês, alimentos tão indispensáveis, 
senão mais, do que vitaminas, sais minerais e proteínas.
Se for privada disso tudo e do cheiro, do calor e da voz que ela conhece bem, mesmo cheia de leite, a criança 
vai-se deixar morrer de fome." 
Frédérick Leboyer


A arte de fazer massagem em bebês é uma prática muito antiga, nascida no Oriente, e vem se difundindo no Ocidente devido a seus efeitos terapêuticos.

O equilíbrio físico e emocional, o alívio de cólicas, a melhora na qualidade do sono, o relaxamento, a redução do estresse e o bem-estar são resultados que podem ser obtidos mediante o ato de massagear bebês. Além disso, transmite segurança à criança e a quem realiza a massagem.

Atualmente existem inúmeras técnicas de massagem em bebês, todas bastante acessíveis. O diferencial desta proposta é utilizar a massagem como "instrumento" que facilite a relação afetiva e a interação mãe/bebê por meio da comunicação corporal. 
A orientação em relação às características individuais do bebê e as noções sobre o desenvolvimento psíquico e da coordenação motora são fundamentais para a realização desse trabalho.

POSSIBILIDADES DE TRABALHO:

• Grupo de Gestantes (realizado com bonecas): Curso prático e teórico, com aproximadamente duas horas de duração;

• Individual Mãe e Bebê:
  Trabalho com conteúdo teórico-prático (realizado em consultório ou em domicílio).
  Pode variar de uma  a três sessões ou conforme a necessidade.

OBJETIVOS:

• Orientar a respeito do uso da massagem em bebês;

• Informar sobre a técnica da massagem em bebês;

• Fornecer conhecimentos sobre o modo de segurar, amamentar, dar banho, embalar, massagear e sobre outros cuidados de acordo com o desenvolvimento psicomotor do bebê.

A QUEM SE DESTINA:

• Gestantes;

• Mães e bebês;

• Pessoas interessadas na prática da massagem em bebês, como pais e familiares.